Linguagens e Formas de Poder na Antigüidade

Neyde Theml
(organizadora)

      Linguagens e formas de poder na Antiguidade é um livro realizado por professores/pesquisadores do Laboratório de História Antiga do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IFCS/UFRJ), que apresentam temas originais, tanto pela formulação da questão quanto pela abordagem metodológica. É assim que, em sua primeira parte - "Mito, linguagem e representações" - há ensaios sobre "A Magia em Atenas", "As metamorphoses de Ovídio e as lutas de representação na Roma Antiga" e a Atenas do quinto século a.C.: "Actéon: quando a caça é transgressão".
     Em sua segunda parte - "Poder, práticas e saberes" - continua em foco o quinto século dos atenienses, com "Pólis, Phýsis e Chôra", e são também abordados "Diplomacia e Hospitalidade - um estudo dos contatos entre Massalía e as tribos de Vix e Gochdorf" e "Os physikoí jônios e o saber na Grécia Arcaica".
     Com a Introdução intitulada "Linguagem e Comunicação: ver e ouvir na Antiguidade" e assinada pela organizadora, a professora titular de História Antiga Neyde Theml, este livro, como ela diz, vem mostrar que "é possível fazer História Antiga no Brasil (...) e que a produção da Universidade deve circular na sociedade para que a população tome conhecimento do trabalho acadêmico".

THEML, Neyde. Linguagens e Formas de Poder na Antiguidade. Rio de Janeiro: FAPERJ/Maud, 2002.